Capa

Cascavel de Ouro Automobilismo Geral

Rafael Lopes assume desafio de pilotar sozinho nas três horas da Cascavel de Ouro

Campeão da Old Stock Race e vencedor na Turismo Nacional, piloto paulista fará sua segunda participação com HB20 da Scuderia Fast Racing

08.03.2019  |  1.027 visualizações

A segunda participação de Rafael Lopes na Cascavel de Ouro, no dia 3 de novembro, será marcada por um desafio extra. O piloto paulista, valendo-se de uma das novidades do regulamento desportivo definido para a 33ª edição, vai pilotar sozinho o Hyundai HB20 número 54 da Scuderia Fast Racing nas três horas de duração da corrida no Autódromo Internacional Zilmar Beux, que terá em jogo uma premiação em dinheiro de R$ 150 mil.

Lopes estreou na Cascavel de Ouro na edição de 2018, em dupla com o também paulista Pedro Pimenta. “Tínhamos o sétimo lugar faltando uma volta para a corrida terminar e ficamos sem combustível. Com isso ficamos em 12º”, lembra o piloto. “Para uma primeira participação em uma corrida do nível dessa eu considero que esse sétimo lugar, que perdemos por pouco, foi excelente. Eu espero um resultado ainda melhor desta vez”, manifesta.

O piloto vê vantagens na atuação individual. “É uma corrida com quatro pit stops, o carro costuma mudar muito de uma parada para outra, com a troca de pneus ou tanque cheio. Normalmente quem pega o carro na parada de box leva umas quatro ou cinco voltas para assimilar no ritmo, isso dá 20 voltas em uma corrida inteira. Quem já estava no carro já está ‘quente’, e também já sabe onde tem um oleozinho na pista, uma terrinha”, exemplifica.

Campeão de 2018 da Old Stock Race, categoria em que tem a liderança da temporada de 2018 depois das vitórias nas duas primeiras corridas do ano, Rafael Lopes vai disputar ainda a Turismo Nacional, com o mesmo carro da Cascavel de Ouro. “Também fui contratado como piloto de testes da nova Copa HB20. Vou chegar ao fim do ano com muita quilometragem nesse carro, a ideia é ir mais para a frente ainda”, aposta o piloto da Scuderia Fast Racing.

O desafio de pilotar por três horas na busca pelo pódio da Cascavel de Ouro motiva Lopes a intensificar a preparação física. “Eu hoje estou no melhor momento físico, e estou trabalhando firme nisso para chegar lá ainda melhor. O foco vai ser total, nem devo disputar a Gold Classic”, avisa. Ele foi campeão do torneio de carros clássicos em 2018 revezando um GM Omega com Ricardo Domenech. As corridas da Gold Classic são atração preliminar do evento.

INSCRIÇÕES

Pilotos e equipes podem solicitar a ficha de inscrição da 33ª Cascavel de Ouro por e-mail, com mensagem para cascaveldeouro2019@gmail.com, ou pelo número celular (45) 9 9937-1052, disponível também para mensagens via WhatsApp. Os vencedores da corrida receberão R$ 100 mil. Há prêmios de R$ 20 mil ao segundo lugar, de R$ 12 mil para o terceiro, de R$ 8 mil para o quarto e de R$ 5 mil para o quinto, além de R$ 5 mil pela pole.

08/03/2019 - Grelak Comunicação

  • Rafael Lopes volta à Cascavel de Ouro com Hyundai HB20 número 54
    (Vanderley Soares/Grelak Comunicação)

  • Rafael Lopes volta à Cascavel de Ouro com Hyundai HB20 número 54
    (Vanderley Soares/Grelak Comunicação)

  • Rafael Lopes volta à Cascavel de Ouro com Hyundai HB20 número 54
    (Vanderley Soares/Grelak Comunicação)

  • Rafael Lopes volta à Cascavel de Ouro com Hyundai HB20 número 54
    (Vanderley Soares/Grelak Comunicação)

  • Rafael Lopes volta à Cascavel de Ouro com Hyundai HB20 número 54
    (Vanderley Soares/Grelak Comunicação)

Leia também...

02.04.2019

Primeira fase de inscrições confirma 25 carros no grid da 33ª Cascavel de Ouro

Corrida de 3 de novembro no Autódromo Internacional Zilmar Beux distribuirá R$ 150 mil em premiações aos primeiros colocados

14.03.2019

Campeão brasileiro, paraibano admite atuação individual na Cascavel de Ouro

Depois do 13º lugar em sua estreia no grid principal, Carlos Machado visa pódio com Fiat Mobi na 33ª edição, que terá premiação de R$ 150 mil

12.03.2019

Carro novo é trunfo dos irmãos Freitas por primeira vitória na Cascavel de Ouro

Bicampeões, Wanderson e Leandro terão temporada da Turismo Nacional como laboratório para desenvolvimento do VW Gol da Geração 7

11.03.2019

‘Jegue’ e Gondra Júnior reeditam dupla pernambucana na 33ª Cascavel de Ouro

Campeões da Copa Masso Alimentos em 2018, pilotos da Jeg Team Racing preparam-se para disputar premiação de R$ 150 mil em novembro

Entre em contato