Capa

Cascavel de Ouro Automobilismo Geral

Carro novo é trunfo dos irmãos Freitas por primeira vitória na Cascavel de Ouro

Bicampeões, Wanderson e Leandro terão temporada da Turismo Nacional como laboratório para desenvolvimento do VW Gol da Geração 7

12.03.2019  |  1.147 visualizações

A renovação da frota nacional de veículos de competição da categoria Marcas 1.6, fomentada pelo trabalho técnico desenvolvido na Turismo Nacional em suas duas primeiras temporadas de história, estará evidenciada também no grid da 33ª Cascavel de Ouro. Marcada para dia 3 de novembro no Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel, a prova absorverá dezenas dos novos modelos que estão em preparação nas oficinas das equipes de todo o Brasil.

Um desses novos carros é o VW Gol dos mineiros Wanderson Freitas e Leandro Freitas. Os irmãos, que defendem Stumpf Preparações, apresentaram o carro da Geração 7 na última semana em Cascavel, sede da equipe. Será a terceira participação dos Freitas na corrida. Em 2015, em trio com o gaúcho Fabiano Cardoso, eles abandonaram ainda na 16ª volta. Em 2018 os irmãos conquistaram o sexto lugar final, a menos de uma volta dos vencedores.

“Considero que a nossa primeira participação na Cascavel de Ouro foi a do ano passado, já que na outra demos poucas voltas, o resultado nos deixou bastante satisfeitos, diante da nossa inexperiência em relação a essa corrida”, pondera Wanderson. “Não tivemos uma estratégia totalmente adequada nas paradas de boxes, saímos da pista, chegamos a nos envolver em um acidente. Terminar a menos de uma volta dos vencedores, em sexto, foi excelente”.

O aprendizado da edição de 2018, que teve 70 carros inscritos – destes, 55 formaram o grid a partir das práticas classificatórias –, será fundamental na corrida de novembro, segundo Leandro. “As mudanças no regulamento deste ano vão mudar um pouquinho o formato do trabalho, mas aprendemos muito no último ano, esperamos ser ainda mais competitivos desta vez”, torce o piloto mineiro. A dupla segue competindo pela equipe Stumpf Preparações.

A dupla mantém não só a equipe responsável pelo carro, mas também a escalação de Felipe Rossi na estratégia.  “Um dos maiores desafios será pôr o Gol G7 em uma prova de durabilidade. É um carro novo para a equipe e ainda não sabemos ao certo quais são suas deficiências, mas o trabalho sempre bem feito da Stumpf nos dá a confiança de estarmos aptos a pensar em um nível de competitividade suficiente para disputar a vitória”, diz Wanderson Freitas.

Donos de inúmeros títulos estaduais nos campeonatos de Minas Gerais e de São Paulo, Wanderson Freitas e Leandro Freitas conquistaram em dupla o bicampeonato da Turismo Nacional. Em 2017, primeiro ano de existência da competição, sagraram-se campeões da Classe A. No ano passado, sob o novo formato com divisão a partir do ano de fabricação dos carros, repetiram o título da categoria A na Classe 2. Em 2019, com o Gol G7, vão atuar na Classe 1.

 

INSCRIÇÕES

Pilotos e equipes podem solicitar a ficha de inscrição da 33ª Cascavel de Ouro por e-mail, com mensagem para cascaveldeouro2019@gmail.com, ou pelo número celular (45) 9 9937-1052, disponível também para mensagens via WhatsApp. Os vencedores da corrida receberão R$ 100 mil. Há prêmios de R$ 20 mil ao segundo lugar, de R$ 12 mil para o terceiro, de R$ 8 mil para o quarto e de R$ 5 mil para o quinto, além de R$ 5 mil pela pole.

A taxa de inscrição fixada pelo regulamento desportivo da Cascavel de Ouro é de R$ 5.000,00 por carro, independentemente do número de pilotos. A taxa terá um desconto de 20 por cento para inscrições efetivadas até dia 31 de março, trazendo a taxa final a R$ 4.000,00. Haverá desconto também para inscrições efetuadas de 1º de abril a 30 de junho, de 10 por cento, deixando a taxa em R$ 4.500,00 por trio, dupla ou participação individual.

 

12/03/2019 - Grelak Comunicação

 

  • O novo VW Gol G7 dos irmãos mineiros Leandro e Wanderson Freitas
    (Divulgação)

  • Leandro e Wanderson ficaram em sexto na Cascavel de Ouro de 2018
    (Divulgação)

  • O carro dos irmãos Freitas segue a cargo da Stumpf Preparações
    (Divulgação)

  • A dupla disputou a Cascavel de Ouro de 2018 com o Gol da geração 2
    (Divulgação)

  • Wanderson e Leandro Freitas são bicampeões da Turismo Nacional
    (Divulgação)

Leia também...

02.04.2019

Primeira fase de inscrições confirma 25 carros no grid da 33ª Cascavel de Ouro

Corrida de 3 de novembro no Autódromo Internacional Zilmar Beux distribuirá R$ 150 mil em premiações aos primeiros colocados

14.03.2019

Campeão brasileiro, paraibano admite atuação individual na Cascavel de Ouro

Depois do 13º lugar em sua estreia no grid principal, Carlos Machado visa pódio com Fiat Mobi na 33ª edição, que terá premiação de R$ 150 mil

11.03.2019

‘Jegue’ e Gondra Júnior reeditam dupla pernambucana na 33ª Cascavel de Ouro

Campeões da Copa Masso Alimentos em 2018, pilotos da Jeg Team Racing preparam-se para disputar premiação de R$ 150 mil em novembro

08.03.2019

Rafael Lopes assume desafio de pilotar sozinho nas três horas da Cascavel de Ouro

Campeão da Old Stock Race e vencedor na Turismo Nacional, piloto paulista fará sua segunda participação com HB20 da Scuderia Fast Racing

Entre em contato